China: marcas alemãs vendem quase o mesmo que todas as locais juntas

A preferência dos consumidores da China pelas montadoras de origem alemã está prestes a provocar uma mudança no posicionamento das marcas no mercado local. Conforme explica a agência de notícias Reuters, as fabricantes oriundas da terra da cerveja já acumulam 24% de participação nas vendas totais do país e ficam apenas 6% atrás das 25 montadoras domésticas juntas. Nesse cenário, a Volkswagen desponta como a mais representativa do lado alemão, seguida por Geely, Great Wall e BYD do lado chinês.
China: marcas alemãs vendem quase o mesmo que todas as locais juntas
De acordo com a Reuters, a Volkswagen domina com folga o mercado graças à forte atuação no segmento de sedãs. Modelos como Santana, Lavida e Sagitar estão entre os mais vendidos do país e juntos somam mais de 667.688 unidades vendidas nos sete primeiros meses do ano. Por outro lado, os três veículos chineses mais vendidos no mesmo período (Geely Emgrand EC7, Great Wall Voleex C30 e BYD Surui) emplacaram apenas 147.651 exemplares.
China: marcas alemãs vendem quase o mesmo que todas as locais juntas
Na contramão das alemãs, fabricantes japonesas, coreanas e americanas se mantiveram comercialmente estáveis.

Seja parte de algo grande