Importados recuam 14,3% em 2014 e têm terceiro ano seguido de queda

Atingido diretamente pela desaceleração do mercado e pela política do super IPI, o setor de importados fechou 2014 em queda. Conforme apontam dados divulgados pela Abeifa (Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos), foram emplacadas no período 96.578 unidades, o que representa um recuo de 14,3% na comparação com 2013. A participação nas vendas gerais (nacionais e importados) também caiu, saindo de 3,15% em 2013 para apenas 2,9%.
Importados recuam 14,3% em 2014 e têm terceiro ano seguido de queda
“2014 foi um dos anos mais instáveis para o setor, com eventos que impactaram nosso mercado, como a Copa do Mundo, que resultou em menos dias úteis de vendas e, também, pelas incertezas naturais geradas pelo período pré-eleitoral. Esperávamos uma reação no segundo semestre, que demorou a acontecer”, argumenta Marcel Visconde, presidente da Abeifa.
Importados recuam 14,3% em 2014 e têm terceiro ano seguido de queda
No mês de dezembro (9.930 emplacamentos), tipicamente mais movimentado, as vendas chegaram a subir 26,3% na comparação com novembro, mas ainda assim não impediram que o ano fechasse no vermelho. Com o resultado, o setor de importados fecha com o terceiro ano seguido de queda. Em 2012 foram vendidas 129.205 unidades, em 2013 foram 112.649 no ano passado 96.578. Ranking das marcas importadas mais vendidas com base nas empresas associadas à Abeifa: 1. Kia - 23,7 mil unidades 2. BMW - 14,8 mil unidades 3. Chery - 9,5 mil unidades 4. Land Rover - 9,3 mil unidades 5. JAC Motors - 8,4 mil unidades 6. Suzuki - 6 mil unidades 7. Lifan - 5,3 mil unidades 8. Dodge - 3,3 mil unidades 9. Jeep - 3,2 mil unidades 10. Volvo - 3,1 mil unidades

Seja parte de algo grande