Fiat e Volkswagen são questionadas por divulgação otimista de consumo

A Fiat e a Volkswagen estão sendo questionados na Itália pela suposta divulgação "super otimista" dos índices de consumo de alguns modelos. De acordo com a organização italiana que defende os direitos dos consumidores, diversos proprietários de Panda e Golf têm reclamado que as médias alcançadas na prática estão significativamente contrastantes com os números divulgados pelas montadoras nas peças publicitárias. A diferença, explica a entidade, pode chegar a valores entre 18% e 50%.
Fiat e Volkswagen são questionadas por divulgação otimista de consumo
No caso do Panda o problema envolve as versões equipadas com motor 1.2, enquanto no Golf as reclamações recaem sobre os modelos 1.6 TDI. Os consumidores que se sentiram prejudicados se reuniram e entraram com uma ação na justiça cobrando indenizações pelos gastos adicionais com combustível. Os clientes da Fiat pedem ressarcimento de 247 euros (R$ 760), enquanto os da Volks cobram reembolso de 509 euros (R$ 1.570) - preços calculados com base numa média anual de 15 mil quilômetros percorridos.
Fiat e Volkswagen são questionadas por divulgação otimista de consumo
O órgão alega ainda que as marcas alcançaram as médias baseando-se em artifícios como pneus com calibragem acima da recomendada e veículos com redução máxima de peso. Ciente dos casos, a União Europeia anunciou que prepara uma legislação específica para obrigar as montadoras a aferir os números de consumo em testes reais e não mais em laboratórios.

Seja parte de algo grande