Flagra: novo Cruze 2015 aparece com menos camuflagem - veja projeções

Após ter o projeto atrasado em um ano, a nova geração do Cruze está de volta aos testes, como mostra este flagra da publicação norte-americana Motor Trend. A principal novidade fica por conta das fotos mais próximas e do protótipo com um pouco menos de camuflagem, o que permitiu conferir que nossas projeções publicadas no ano passado (abaixo) estão realmente bastante próximas do modelo final. Em relação ao carro atual, o Cruze manterá a grade dividida (tradicional Chevrolet), mas ganhará faróis angulosos e perfil mais esportivo. Na traseira, a coluna "C" ficará mais larga e as lanternas ficarão mais estreitas, além de trazerem lentes brancas na parte superior. A tampa do porta-malas terá uma espécie de spoiler embutido. Por dentro, é esperado um acréscimo no volume do porta-malas e da cabine, notadamente no espaço para os passageiros do banco de trás. O visual também será mais moderno, embora o layout dos comandos seja semelhante ao de hoje.
Flagra: novo Cruze 2015 aparece com menos camuflagem - veja projeções
Sucesso de vendas em diversos mercados, especialmente nos Estados Unidos, o Cruze ganhou importância dentro da estratégia global da Chevrolet. Tanto que a próxima geração terá o privilégio de estrear a nova plataforma Delta da General Motors, que também dará origem a outros modelos do grupo, como o novo Opel Astra e o Chevrolet Volt. A GM já anunciou, inclusive, que o Cruze deixará de ser fabricado na Coreia do Sul para ocupar as fábricas da Opel na Europa, atualmente com a demanda baixa por conta da crise. Afora a plataforma inédita, pouco-se sabe ainda sobre a parte mecânica do novo Cruze. Nos EUA cogita-se que o motor 1.4 turbo seja substituído pelo novo 1.6 turbo (de 180 cv e 23,4 kgfm, já lançado na Austrália no modelo atual) para abrir maior vantagem de torque e potência para o Ecotec 1.8 16V (também oferecido no Brasil). Já as transmissões de seis marchas deverão ser mantidas – provavelmente atualizadas e com borboletas na direção para trocas manuais, no caso do câmbio automático. Lançado no Brasil em setembro de 2011, o Cruze começou a ser produzido em São Caetano do Sul (SP) com muitos componentes importados da Coreia, até que aos poucos foi sendo nacionalizado. Pois a próxima geração pode deixar as linhas brasileiras e ser transferida para a Argentina. A expectativa é que a novidade seja apresentada no segundo semestre de 2014, como linha 2015, nos EUA. Por aqui, 2016 é uma boa data para apostar. Projeções Maurício Alves

Seja parte de algo grande