PSA oficializa acordo e confirma Dongfeng como dona de 14% das ações

Depois de meses de conversas e negociações, a PSA Peugeot Citroën finalmente oficializa a parceria firmada com a fabricante chinesa Dongfeng. Conforme explica a marca, a montadora asiática e o governo francês investirão, cada um, aproximadamente 800 milhões de euros na companhia. Em contrapartida, o controle da empresa será divido para os dois investidores e para a família Peugeot, cada qual com 14% das ações. O acordo simboliza a quebra da hegemonia do clã Peugeot, após quase dois séculos de poder.
PSA oficializa acordo e confirma Dongfeng como dona de 14% das ações
Ainda segundo a PSA, o contrato prevê a criação conjunta de um novo centro de Pesquisa e Desenvolvimento e o compartilhamento de tecnologias desenvolvidas pela gigante francesa na criação de uma joint-venture global que centralize as vendas da Peugeot, da Citroën e da Dongfeng em toda a Ásia e em outros mercados emergentes. Com o aporte milionário, os executivos franceses esperam respirar aliviados após anos de fechamentos vermelhos e vendas em declínio.

Seja parte de algo grande