Salão de Colônia: Scrambler, a Ducati de R$ 30 mil enfim aparece por completo

Já bastante adiantada por meio de teasers e fotos vazadas, a Scrambler é finalmente mostrada por inteiro pela Ducati no Salão de Colônia, Alemanha. O modelo revive o estilo enduro das antigas Scrambler 250 e 450 dos anos 1960 e 70, mas, segundo a marca, não se trata de uma motocicleta retrô e sim de uma homenagem ao mundo Ducati.
Salão de Colônia: Scrambler, a Ducati de R$ 30 mil enfim aparece por completo
Como esperado, a Scrambler 2015 vem equipada com o motor V-twin de 803 cc emprestado da Monster 796, mas recebeu modificações para entregar uma aceleração mais suave, com potência de 75 cv. O chassi de treliça em aço forma conjunto com a balança de alumínio e rodas aro 18" na dianteira e 17" na traseira. O pneus são Pirelli com desenho enduro e os freios trazem discos Brembo com ABS de dois canais. As suspensões, da Kayaba, consistem em garfos dianteiros de 41 mm e monoshock na traseira, ajustável na pré-carga da mola.
Salão de Colônia: Scrambler, a Ducati de R$ 30 mil enfim aparece por completo
Segundo a Ducati, o guidão aberto e elevado permite uma postura relaxada ao piloto, enquanto o assento a apenas 790 mm garante que mesmo os baixinhos alcancem os pés no chão. Ainda segundo a marca, há um porta-objetos debaixo do banco com uma entrada USB. Com peso de somente 170 kg (a seco), a nova Scrambler tem ainda farol e lanterna de LED's, além do painel de instrumentos digital. Disponível nas cores amarela e vermelha, tem chegada ao Brasil já confirmada para 2015, com preço estimado ao redor dos R$ 30 mil.

Seja parte de algo grande