Clientes gostam de novidades: próximos modelos da VW mudarão mais rápido

Depois de ser duramente criticada por não conseguir "interpretar" completamente o gosto automotivo do norte-americano, a Volkswagen anuncia uma nova estratégia de mercado para ampliar sua participação na América do Norte. Chefe de operações da marca, Michael Horn disse recentemente em entrevista que o principal foco da empresa daqui para frente será em agilidade. "Queremos lançamentos mais rápidos e modelos com ciclos de vida mais curtos. Os clientes gostam de novidades", disse.
Clientes gostam de novidades: próximos modelos da VW mudarão mais rápido
De acordo com o executivo, o tempo médio de vida de um carro da marca cairá dos atuais sete anos para cerca de cinco nos próximos lançamentos - ainda assim mais alto que o ciclo de vida dos modelos sul-coreanos, que duram em média quatro anos no mercado. As reestilizações de meia-vida, que hoje acontecem em até quatro anos depois da estreia do modelo, passarão a chegar em no máximo três anos. "Focaremos em agilidade para atender rapidamente às demandas do mercado", afirmou.
Clientes gostam de novidades: próximos modelos da VW mudarão mais rápido
A preocupação de Horn atualmente se concentra na estagnação das vendas da marca na América do Norte. Enquanto cresce significativamente em mercados ao redor do mundo, a Volks teme amargar números negativos nos Estados Unidos e no Canadá nos próximos anos. A meta de vender 800 mil unidades por ano na região até 2018 já foi inclusive questionada.

Seja parte de algo grande