Carros globais: Ford vai reduzir número de plataformas de 15 para 9 até 2016

Em entrevista concedida durante o Salão de Paris o novo CEO da Ford, Mark Fields, confirmou que a marca promoverá nos próximos dois anos uma profunda reformulação na sua gama de plataformas. De acordo com o executivo, o número de arquiteturas passará dos atuais 15 para apenas 9 até no máximo 2016. A medida é reflexo da globalização dos modelos da marca e tem como objetivo reduzir os custos de produção e desenvolvimento a longo prazo. Em 2007 por exemplo, a gama Ford era composta por 27 plataformas e foi responsável por desestruturar consideravelmente as receitas da marca. O enxugamento das bases foi, nos anos seguintes, responsável pela recuperação dos números e resgate das margens de lucro. Em 2006, por exemplo, a empresa registrou um prejuízo da ordem de US$ 12 bilhões, enquanto em 2013 o lucro foi superior a US$ 7 bilhões.

Seja parte de algo grande