Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo

Um dos esportivos alemães mais emblemáticos chegou ao mercado em 1985. Derivado do Série 5, o sedã esportivo da marca bávara foi batizado de M5 (M de Motorsport) para enfrentar a rival Mercedes, que na época prevalecia com o nervoso Mercedes Benz 190E 2.3 16V. A BMW, naturalmente, precisava responder à altura. Apresentado no Salão de Amsterdam (Holanda) em 1984, o primeiro M5 era baseado no Série 5 de segunda geração (E28) e foi criado pelos técnicos da Motorsport (divisão esportiva da BMW). Era um esportivo de desempenho respeitável, embora ainda precisasse de maior refinamento na cabine. Algo que iria acontecer nas gerações seguintes.
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
O visual era esportivo, porém até discreto diante da potência que o sedã entregava. Nesta versão brava, ele ganhava spoilers dianteiro e traseiro redesenhados, além de pneus específicos desenvolvidos pela Michelin. Mas o ponto alto era o motor: um seis cilindros de 3.45 litros, 286 cv de potência a 6.500 rpm e 34,6 kgfm de torque máximo, associado a um câmbio manual de cinco marchas Getrag (ainda não havia opção de caixa automática). Entre as inovações estavam injeção eletrônica Bosch, radiador de óleo, coletores polidos e alta taxa de compressão, de 10,5:1.
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Os freios a disco usavam sistema antitravamento (ABS) e a suspensão era independente nas quatro rodas, com braço semi-arrastado na traseira. Bom de pista, ele acelerava de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos e alcançava máxima de 230 km/h. Por dentro, o primeiro M5 trazia bancos e volante revestidos de couro. Foi produzido em quatro versões diferentes, de acordo com o mercado de destino. Existiram versões com volante à esquerda (LHD) na especificação EURO, com o volante à direita (RHD) na especificação UK (Reino Unido), o LHD para a América do Norte, destinado aos Estados Unidos e Canadá, e por fim o RHD sul-africano (ZA) para a África do Sul.
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Os M5s europeus e sul-africanos usaram o motor M88/3 que entregava 286 cv. Já os norte-americanos usaram o motor S38B35 que foi equipado com um conversor catalítico e dispunha de 260 cv. Com a produção de apenas 2.191 unidades no total, o M5 E28 continua entre os modelos mais raros da divisão BMW Motorsport até hoje. Segunda geração
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Poucos meses após a apresentação da nova geração do Série 5 (E34), em 1988, a BMW apresentava a segunda fase do esportivo M5. Uma das vantagens era o motor mais potente: um seis cilindros de 3.6 litros com 315 cv de potência a 6.900 rpm, que baixou o tempo de aceleração de 0 a 100 km/h para 6,3 segundos e chegou à máxima de 250 km/h (limitada eletronicamente). Esteticamente, chamavam atenção o novo desenho das rodas, que remetia aos antigos pneus com faixas brancas. Diferente do interior mais simples da primeira geração, o novo oferecia quatro lugares e acabamento de melhor qualidade.
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Um leve facelift e novas rodas aro 17" chegavam em 1992, mas a novidade maior era o motor 3.8 litros com coletor de admissão variável, capaz de 340 cv e 40,8 kgfm de torque. O tempo de aceleração de 0 a 100 km/h caía para 5,9 segundos e a máxima era mantida em 250 km/h. No último ano desta fase, 1995, o M5 ganhava suspensão com ajuste eletrônico e de configuração esportiva Nurburging, para altíssimo desempenho. Nesse mesmo ano, a perua M5 Touring chegava para completar a família.
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Terceira geração O Série 5 de terceira geração (E39) foi apresentado em 1995, no Salão de Frankfurt, mas a versão de alto desempenho M só voltou ao mercado em 1999. Mostrado no Salão Automóvel de Genebra de 1998, ao contrário de seus antecessores, ele passava a ser produzido na mesma linha de montagem como os Série 5 regulares na fábrica de Dingolfing, na Alemanha.
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Entre as novidades estava o potente motor V8 5.0 litros de 400 cv de potência e a suspensão em alumínio, já utilizada pelo Série 5.
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Com as melhorias aplicadas o sedã ficou ainda mais rápido: acelerava de 0 a 100 km/h em torno de 5 segundos e tinha velocidade máxima limitada em 250 km/h, mas, na prática, podia chegar aos 300 km/h. Quarta geração Elevando mais uma vez o nível, a quarta geração (E60) chegou com um belo motor V10 de alta rotação, que entregava nada menos que 500 cv e 53 kgfm de torque associado a uma caixa de sete marchas sequencial. Se o limitador fosse removido, a máxima poderia chegar a incríveis 320 km/h!
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Foi o primeiro sedã de série a contar com um motor a gasolina V10 e caixa manual automatizada SMG de sete marchas. Além disso, se tornou o sedã quatro portas mais rápido do mundo na época do seu lançamento. Oficialmente ele acelerava de 0 a 100 km/h em 4,7 segundos, mas nos testes de várias publicações da época o M5 cumpria a tarefa de 4,1 a 4,5 segundos - números que o colocavam lado a lado com o Mercedes E55 AMG. Mas o BMW tinha dinâmica de condução superior.
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Quinta geração A atual geração do M5 (F10) foi apresentada no Salão de Frankfurt de 2011. Em comparação com o modelo anterior, novo M5 ficou um pouco mais econômico, mas ainda assim é maior, mais pesado e pode ter o ronco do motor propagado para a cabine pelo sistema de áudio.
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Mais rápido (acelera de 0 a 100 km/h oficialmente em 4,3 s) ele perde em velocidade máxima se comparado com o V10 de aspiração natural que substitui. O motor passa a ser o 4.4 V8 biturbo de 560 cv e torque máximo de 69,4 kgfm.
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Em 2014, o M5 ganha um pacote de competição que traz as seguintes modificações: potência elevada para 575 cv e suspensão revista (buchas, molas, amortecedores, barras estabilizadoras), com altura de rodagem 10 mm mais baixa. Os rivais diretos incluem o Mercedes-Benz E63 AMG e o Jaguar XF-R.
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Jahre Edition Para celebrar os 30 anos de história do modelo, a BMW lançou a edição comemorativa M5 30 Jahre Edition. É simplesmente o BMW produzido em série mais potente de todos os tempos.
Carros para sempre: BMW M5 - 30 anos do sedã mais rápido do mundo
Foram feitas apenas 300 unidades deste M5 exclusivo, que vem com pintura fosca (Frozen Dark), rodas aro 20" de desenho inédito e detalhes em preto. Por dentro, os bancos têm revestimento que combina Alcantara e couro Merino, além de volante exclusivo e emblemas alusivos à série limitada.

Galeria: BMW M5 - História

Seja parte de algo grande