Primeira Ducati 1199 Panigale S Senna é entregue à família de Ayrton

A primeira Ducati 1199 Panigale S Senna, criada em homenagem ao brasileiro Ayrton Senna, já ficou pronta e foi entregue à família do piloto. A edição será limitada a 161 unidades, número que representa a quantidade de Grandes Prêmios de Fórmula 1 disputados por Senna, e custará R$ 100 mil. Parte da renda obtida com as vendas da motocicleta será direcionada aos programas educacionais do Instituto Ayrton Senna. Na última sexta-feira, 12, a sobrinha do piloto, Bianca Senna, recebeu a moto das mãos do diretor-geral da Ducati no Brasil, Ricardo Susini, na sede do Instituto Ayrton Senna, em São Paulo. A 1199 Panigale S Senna tem potência de 195 cv, peso seco de 166,5 kg, toda a eletrônica dos quatro modos de pilotagem Ducati Riding Modes, Ducati Safety Pack e Ducati Eletronic Suspension, DDA+ (Ducati Data Analysis) com GPS, elementos adicionais de carbono, faróis full LED e ponteira do escapamento Termgnoni Titânio, entre outros diferenciais.
Primeira Ducati 1199 Panigale S Senna é entregue à família de Ayrton
De acordo Susini, este lançamento é um marco para a montadora italiana de motocicletas premium no País. “Ayrton Senna foi um dos maiores ídolos nacionais e um grande fã da Ducati. Com a 1199 Panigale S Senna, não só o homenageamos como também colaboramos para o maior legado que ele deixou, o Instituto Ayrton Senna e suas ações educacionais”, disse o executivo. “É muito bom contarmos com essa parceria para celebrarmos os 20 anos de legado do Ayrton Senna. O Ayrton amava velocidade e um dos xodós dele era uma Ducati”, revelou Bianca Senna, sobrinha do tricampeão mundial de Fórmula 1.
Primeira Ducati 1199 Panigale S Senna é entregue à família de Ayrton
Foto: Felipe Mariano

Seja parte de algo grande