Ranking aponta Yamaha Fazer 250 e Honda CG 150 como motos mais roubadas em São Paulo

Segundo dados divulgados pela Ituran, empresa que atua com rastreadores para motocicletas e automóveis, roubos e furtos de motos são mais frequentes aos fins de semana e durante a noite em São Paulo, apontando ainda as motocicletas Yamaha Fazer 250 e Honda CG 150 como as mais roubadas do ranking. A pesquisa, que foi feita entre os meses de janeiro e junho de 2014, mostrou que os incidentes acontecem com maior frequência durante sábados e domingos, com 17%, seguido por quarta e quinta-feira, com 15%, terça-feira com 13%, segunda-feira com 12% e sexta-feira com 11%. Ainda de acordo com os dados da Ituran, 23% dos roubos e furtos ocorrem durante a noite, entre 20h01 e 22h, atingindo os 23%, entre 5h01 e 8h, com 17% dos casos, e entre 17h01 e 20h, com 16%. Esses horários representam o período no qual a maior parte das pessoas vai, ou volta, da faculdade ou trabalho, por exemplo. Os bairros onde mais acontecem roubos e furtos concentram-se na Zona Leste de São Paulo, com Itaquera, Itaim Paulista, Sapopemba, São Mateus, Guaianazes, São Miguel, Ermelino Matarazzo, Tatuapé, Zona Oeste, com Barra Funda, e Zona Sul, com Vila Mariana e Pedreira. Veja o ranking com as 10 motos mais roubadas divulgado pela Ituran: 1. Yamaha Fazer 250 2. Honda CG 150 3. Honda CB 300R 4. Honda XRE 300 5. Yamaha XTZ 250 6. Honda CG 125 7. Honda CBX 250 Twister 8. Honda NX4 Falcon 9. Honda CB 600F Hornet 10. Honda NXR 150 Bros

Seja parte de algo grande