Fiat recusa "bom dinheiro" e Audi decide adotar novos nomes para SUVs

TT Off Road Concept deve originar inédito TTQ A Audi recorreu a um plano B para batizar os dois novos SUVs que planeja colocar no mercado após receber um "não" como resposta da FCA Fiat-Chrysler à venda das siglas Q2 e Q4. Conforme relata a agência Automotive News Europa, a fabricante alemã decidiu usar nos seus próximos crossovers os batismos Q1 e TTQ, quebrando a tradição da ordem sequencial numérica da chamada linha "Q", composta atualmente pelos modelos Q3, Q5 e Q7.
Fiat recusa "bom dinheiro" e Audi decide adotar novos nomes para SUVs
Conforme já relatado, as alcunhas em disputa são de propriedade da FCA e usadas hoje em algumas versões de modelos da Maserati. No passado, foram empregadas também em alguns carros da Alfa Romeo para batizar versões com tração integral. Ciente do direito de propriedade, a Audi entrou em contato com o grupo ítalo-americano para comprar as siglas, mas não obteve êxito no negócio mesmo oferecendo quantidades "significativas" de dinheiro.
Fiat recusa "bom dinheiro" e Audi decide adotar novos nomes para SUVs
Teaser do futuro Q1 Dessa forma, a solução encontrada pela marca foi adotar novos batismos. O SUV de menor porte será chamado de Q1 (sigla inicialmente não considerada), ao passo que o modelo médio com pegada esportiva se chamará TTQ, ao invés de Q4.

Seja parte de algo grande

Fiat recusa "bom dinheiro" e Audi decide adotar novos nomes para SUVs

Foto de: Dyogo Fagundes