Chery: funcionários encerram greve e fábrica de Jacareí volta a operar

Os funcionários da fábrica da Chery em Jacareí, no interior de São Paulo, retornaram às atividades nesta quinta-feira (7) depois de quase um mês de greve. A normalização das operações só foi possível depois que um acordo foi firmado entre a direção da unidade e o sindicato dos metalúrgicos. A planta paulista emprega 470 trabalhadores e produz o modelo Celer nas versões hatch e sedan. O investimento, concluído em meados do ano passado, foi da ordem de US$ 530 milhões.
Chery: funcionários encerram greve e fábrica de Jacareí volta a operar
O acordo ajustado entre as duas partes inclui o reajuste de 57% do piso salarial (elevado para R$ 1.850), redução da jornada de trabalho de 44 horas para 42 horas semanais e estabilidade de 90 dias aos trabalhadores, estendida aos lesionados. Além disso, ficou definido que os 20 dias de paralisação serão compensados com 4 dias de trabalho. A greve foi iniciada em abril e tinha como principal reivindicação a equiparação dos direitos trabalhistas com o de funcionários da General Motors, que também opera na região. Galeria: Chery Celer 

Seja parte de algo grande

Chery: funcionários encerram greve e fábrica de Jacareí volta a operar

Foto de: Dyogo Fagundes