Já feita no Brasil, Ducati Scrambler será lançada no Salão Duas Rodas

A apresentação da nova Ducati Scrambler para o público brasileiro se dará durante o Salão Duas Rodas, que acontece em São Paulo entre os dias 7 e 12 de outubro. Trata-se da moto mais importante da marca nos últimos anos, em termos mercadológicos. Isso porque, além de reviver todo o estilo retrô e simplista do conceito scrambler, ela será também o modelo de entrada da empresa.
Já feita no Brasil, Ducati Scrambler será lançada no Salão Duas Rodas
Tivemos contato com a moto durante o Salão de Buenos Aires, onde ela foi exposta no estande da Audi (detentora da Ducati), e gostamos bastante do que vimos. Apesar da aparência espartana, sem muita firula, a Scrambler chama a atenção pela beleza e também pelo acabamento. Destaque para o tanque com uma parte de aço escovado em alto relevo, além do banco grande e bastante confortável, a apenas 790 mm do solo. A posição de pilotagem é bastante relaxada, enquanto o painel de instrumentos, um pequeno círculo com tela de LCD, fica em posição curiosa, ligeiramente à direita do piloto.
Já feita no Brasil, Ducati Scrambler será lançada no Salão Duas Rodas
Aproveitando o conceito retrô da moto, a Ducati aproveitou na Scrambler o motor bicilíndrico em "L" da antiga Monster, com 803 cc e refrigeração a ar, que gera suficientes 75 cv a 8.250 rpm e 6,9 kgfm de torque a 5.750 rpm. O câmbio tem seis marchas e transmissão por corrente, enquanto a suspensão é da Kayaba, com tubos de 41 mm invertidos na dianteira e monoamortecida na traseira, com balança de alumínio e pré-carga da mola ajustável. O quadro é de treliça de aço, somando um peso total de 186 kg em ordem de marcha.
Já feita no Brasil, Ducati Scrambler será lançada no Salão Duas Rodas
O modelo usa roda aro 18" na frente e 17" na traseira, com pneus de uso misto Piralli MT 60 RS de medidas 110/80 e 180/55, respectivamente. Os freios trazem discos simples de 330 mm (D) e 245 mm (T), com ABS de série. E, para completar o pacote de segurança, a embreagem é deslizante (APTC), o que evita a travagem da roda traseira em reduções bruscas.
Já feita no Brasil, Ducati Scrambler será lançada no Salão Duas Rodas
Segundo a Abraciclo, seis unidades da Scrambler já foram feitas na fábrica da Dafra em Manaus (AM), provavelmente para testes de montagem, indicando que a fabricação em série do modelo deve começar em breve. A previsão é que os preços fiquem na faixa dos R$ 35 mil iniciais. Hoje, a moto mais em conta da Ducati é a nova Monster 821, tabelada a R$ 43.900. Fotos: Daniel Messeder, de Buenos Aires (Argentina) Galeria: Ducati Scrambler 

Seja parte de algo grande