GM coloca pé no freio e desacelera produção em São José dos Campos

A General Motors do Brasil confirma que desde a semana passada reduziu o ritmo de produção da fábrica de São José dos Campos, interior de São Paulo. Responsável pela montagem dos modelos S10 e Trailblazer, da Chevrolet, a unidade deixou de operar no regime do 2º turno desde a última quinta-feira (7). Como em outras ocasiões, a empresa alegou que tomou a medida como forma de adequar as atividades à demanda do mercado. Apenas as áreas da pintura e funilaria vão continuar operando normalmente.
GM coloca pé no freio e desacelera produção em São José dos Campos
Ainda como consequência da desaceleração do mercado, a GM anunciou a suspensão do contrato de trabalho de 328 funcionários na planta. A medida vai valer por três meses e, junto com a dispensa temporária confirmada para mais 473 operários em março, a montadora terá 798 trabalhadores em layoffaté o mês de agosto. Coincidência ou não, a Anfavea revelou nesta semana que registrou o pior abril desde 2007, com queda de 25,2%.

Seja parte de algo grande

GM coloca pé no freio e desacelera produção em São José dos Campos

Foto de: Dyogo Fagundes