Sedãs compactos: Cobalt abre vantagem em meio a queda generalizada

Num início de ano em que todos os modelos do segmento registraram números inferiores aos de janeiro de 2014, o destaque coube a quem perdeu menos. Em meio à "crise", com 3.258 unidades, o Cobalt conseguiu abrir vantagem de quase 700 unidades em relação ao segundo, o City (2.576). Mas ao se analisar contra os números de dezembro, o modelo da Chevrolet despencou -34,5% enquanto o da Honda levou um tombo maior, de -45%.  Mesmo com o pior desempenho desde dezembro de 2012 (1.041), o Toyota Etios Sedã (1.308) conseguiu a última posição do pódio, pouco mais de 300 unidades à frente de um Nissan Versa (982), campeão de queda na comparação com dezembro (-66%), às vésperas de sua primeira reestilização.
Sedãs compactos: Cobalt abre vantagem em meio a queda generalizada
Responsável pelo maior recuo entre os líderes na comparação com 2014 (-55,7%), o Ford New Fiesta (672) teve o seu pior momento comercial desde julho de 2013 (498) e por pouco não foi ameaçado pelo quase aposentado VW Polo Sedan (516).
Sedãs compactos: Cobalt abre vantagem em meio a queda generalizada
Numa briga chinesa, vitória do JAC J3 Turin (153) sobre o novato Lifan LF530 (72) na disputa pela sétima posição. Já com a importação suspensa pela Chevrolet, o Sonic (6) foi o lanterna da lista dentre os modelos com pelo menos uma unidade vendida. Fonte: Fenabrave

Seja parte de algo grande