GM: sindicato anuncia demissão de 150 funcionários em São Caetano

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos de São Caetano do Sul, em São Paulo, aproximadamente 150 funcionários foram demitidos da fábrica da General Motors desde a última sexta-feira (8). Em nota, a companhia declarou que "os ajustes realizados em seu quadro de empregados fazem parte da rotatividade de pessoal natural da empresa." Na unidade são produzidos atualmente os modelos Cruze (versões hatchback e sedã), Spin, Montana e Cobalt. A baixa em São Caetano, porém, não é a única a afetar a GM no Brasil. Como consequência da desaceleração do mercado, a marca anunciou recentemente a suspensão do contrato de trabalho de 328 funcionários em São José dos Campos. A medida vai valer por três meses e, junto com a dispensa temporária confirmada para mais 473 operários em março, a montadora terá 798 trabalhadores em layoff até o mês de agosto.

Seja parte de algo grande