Proibição do uso de diesel em automóveis no Brasil pode ser revogada

Renegade diesel hoje no Brasil apenas nas versões 4x4 O veto ao uso de diesel em carros de passeio no Brasil pode ser revogado depois de décadas de proibição. Conforme proposta apresentada pelo senador Benedito de Lira (PP-AL) através do projeto de lei 84/2015, há diversas vantagens para liberação do combustível entre os automóveis e os motivos que levaram à proibição no passado já foram em grande parte superados. Entre as principais bandeiras levantadas estão a economia em média 30% superior aos propulsores a gasolina e o estímulo ao desenvolvimento do biodiesel.
Proibição do uso de diesel em automóveis no Brasil pode ser revogada
Fox com motor 1.4 TDI já foi produzido no Brasil e exportado para Europa A proposta tem o apoio ainda da Aliança Pró-Veículos Diesel, que faz campanha em prol da liberação há pelo menos dois anos e reúne montadoras e fornecedores de componentes. Se aprovado o projeto, todas as fabricantes em atuação no mercado nacional poderão produzir e comercializar veículos do tipo. Na Europa, onde a tecnologia é amplamente difundida, a frota de veículos a diesel é superior a de modelos a gasolina em países como Alemanha e França.
Proibição do uso de diesel em automóveis no Brasil pode ser revogada
Strada brasileira é vendida com motor 1.3 Multijet diesel de 95 cv na Argentina Desde 1976 é proibida a venda de automóveis de passeio movidos a diesel no Brasil. Na época foi criada uma lei que visava reduzir a dependência do petróleo e estimular o uso do etanol nacional. Desde então somente caminhões, ônibus, utilitários, veículos 4×4 com reduzida ou que tenham capacidade de carga superior ou igual à uma tonelada podem possuir motores alimentados pelo combustível.

Seja parte de algo grande