Crise: mercado em baixa faz financiamento de carros novos recuar 26%

Além de representar um dos anos mais difíceis para a indústria automobilística nacional, 2015 trouxe números negativos também para o setor de financiamentos. Segundo levantamento divulgado pela Unidade de Financiamentos da Cetip, o total de veículos financiados no ano passado atingiu o volume de 5,31 milhões de unidades, o que representa queda de 16,9% em relação a 2014. Sozinho, o mercado de modelos novos recuou 26% (2,33 milhões de carros), enquanto o de usados caiu 8% (2,97 milhões).
Crise: mercado em baixa faz financiamento de carros novos recuar 26%
Entre as modalidades de crédito preferidas pelos consumidores, o CDC (Crédito Direto ao Consumidor) foi a preferida, representando 82% de todas as operações realizadas. Na sequencia vieram o consórcio e o leasing, com 14,6% e 1,8%, nesta ordem. “A situação econômica do Brasil em 2015 não inspirou a confiança no consumidor para a compra do veículo financiado. A queda da renda real e o aumento do desemprego foram fatores-chave para a deterioração da confiança”, disse Marcus Lavorato, da Cetip.

Seja parte de algo grande