Após flagra no Brasil, Renault Kwid está sendo testado na França e na Alemanha

Desenvolvido na Índia para atender à demanda de países em desenvolvimento, o compacto Kwid pode acabar chegando também à Europa. Conforme antecipou recentemente o site Indian AutosBlog, algumas unidades do modelo foram enviadas da fábrica indiana de Chennai para as instalações da Renault na França e na Alemanha. O desembarque indica que serão realizados testes de durabilidade em solo europeu, mas a marca por enquanto nega o lançamento no continente. Leia também: Flagra! Renault já testa Kwid no Brasil quase sem camuflagem
Após flagra no Brasil, Renault Kwid está sendo testado na França e na Alemanha
Ainda segundo a publicação, as unidades enviadas foram exemplares de pré-produção equipados com motor 1.0 e câmbio manual de cinco marchas. Apesar de a Renault desconversar sobre a chegada do Kwid à Europa, rumores indicam que o modelo pode ser uma das grandes apostas da Dacia na região. Vendido a preços acessíveis e carregando visual com elementos de SUV, seria posicionado abaixo do Sandero Stepway, por exemplo.
Após flagra no Brasil, Renault Kwid está sendo testado na França e na Alemanha

Kwid no Brasil

Previsto para ser lançado no segundo semestre, o Kwid brasileiro terá mudanças significativas em relação ao indiano, o que incluirá provavelmente até um novo nome. Por aqui o hatch terá interior mais bem acabado e algumas mudanças externas, como retrovisores vindos do Sandero e rodas com quatro parafusos (são apenas três no modelo original). O motor deverá ser o novo 1.0 3-cilindros da parceira Nissan, já usado no March e Versa. Preços devem começar em torno de R$ 30 mil. Fotos: Renault Kwid

Seja parte de algo grande

Após flagra no Brasil, Renault Kwid está sendo testado na França e na Alemanha

Foto de: Dyogo Fagundes