Renault demite 470 funcionários na fábrica de São José dos Pinhais

Através de um Programa de Demissão Voluntária (PDV) aberto entre os dias 22 de janeiro e 13 de fevereiro, a Renault demitiu aproximadamente 470 trabalhadores da fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná. De acordo com o sindicato dos metalúrgicos local, os funcionários trabalhavam nas linhas de produção de carros de passeio e utilitários. Todos os demitidos receberam as verbas revisórias previstas em lei, além de um salário para cada ano completo trabalhado e plano de saúde válido por mais seis meses.
Renault demite 470 funcionários na fábrica de São José dos Pinhais
A baixa não é a primeira a ocorrer na fábrica da gigante francesa nos últimos meses. No fim ano passado, cerca de 500 trabalhadores temporários não tiveram seus contratos renovados e foram dispensados pela empresa. Com as demissões, o número total de funcionários da fábrica caiu para algo em torno de 5,5 mil pessoas. Ainda no Paraná, Volvo, Case New Holland (CNH) e Volkswagen foram outras marcas que também anunciaram demissões ou entraram em regime de layoff. Veja a galeria de modelos Renault produzidos no Paraná:

Seja parte de algo grande

Renault demite 470 funcionários na fábrica de São José dos Pinhais

Foto de: Dyogo Fagundes