Fiat normaliza produção em Betim após encerramento dos protestos

Após a paralisação de alguns turnos e diversos setores, a Fiat finalmente conseguiu normalizar a produção na fábrica mineira de Betim, região metropolitana de Belo Horizonte. Conforme havia sido relatado anteriormente, diversos atividades da unidade foram suspensas e mais de 6 mil funcionários dispensados por conta da falta de peças. Os componentes deveriam chegar à planta especialmente através da Fernão Dias, mas diversos trechos da rodovia estavam bloqueados pelos protestos dos caminheiros.
Fiat normaliza produção em Betim após encerramento dos protestos
Por meio de nota, a assessoria da marca confirmou que as operações nas linhas de montagem foram retomadas normalmente nos três turnos nesta quinta-feira (26). A fábrica ficou parcialmente paralisada por três dias, mas o serviço administrativo não foi afetado. Os prejuízos causados pela paralisação não forma divulgados. A planta mineira atualmente é o maior complexo industrial da FCA Fiat-Chrysler no mundo e emprega aproximadamente 20 mil pessoas. Veja a galeria de fotos:

Seja parte de algo grande

Fiat normaliza produção em Betim após encerramento dos protestos

Foto de: Dyogo Fagundes