Sedãs médios: Corolla ignora crise e Jetta passa o Cruze em maio

O Toyota Corolla segue em sua balada ignorando a crise. Em maio, foi mais uma vez o líder das vendas no segmento de sedãs médios com 5.769. Para se ter ideia do que este número representa em meio ao pior cenário automobilístico dos últimos anos, o modelo ficou a apenas 10 unidades do Chevrolet Prisma, veículo de segmento inferior, mas desbancou Siena, HB20S e Voyage, por exemplo.
Sedãs médios: Corolla ignora crise e Jetta passa o Cruze em maio
Não com o mesmo fôlego, mas quem também apresentou boa evolução no mês foi o Civic. Com 3.244 unidades emplacadas, seu melhor resultado em 2015, o sedã da Honda avançou mais de 19% em relação ao resultado de abril e reduziu para 2,5 mil unidades uma desvantagem em relação ao Corolla que havia sido superior a 3 mil no mês anterior.
Sedãs médios: Corolla ignora crise e Jetta passa o Cruze em maio
Outro que vem figurando com frequência no pódio entre os três sedãs médios mais vendidos é o Sentra. Mais uma vez, o sedã médio da Nissan garantiu um pódio 100% japonês pelo segundo mês seguido ao emplacar 1.179 unidades, abrindo uma pequena vantagem em relação aos rivais mais próximos.
Sedãs médios: Corolla ignora crise e Jetta passa o Cruze em maio
Destaque também o Jetta. Aproveitando-se da recente reestilização, o modelo da marca alemã deu uma leve acelerada e avançou 19% em relação ao mês anterior e somou 973 unidades vendidas, passando inclusive, o Chevrolet Cruze (902) que puxou o freio de mão e viu os números caírem 22% no mesmo período.
Sedãs médios: Corolla ignora crise e Jetta passa o Cruze em maio
Perto de mudar, o Ford Focus Sedan vendeu 735 unidades e ficou em sexto, o que representa crescimento de 32% em relação a abril. No mesmo período, o Renault Fluence cresceu 50% (625), se recuperando um pouco do mal resultado do mês anterior. O mesmo aconteceu com o Citroën C4 Lounge (493), que avançou 16% no mês.
Sedãs médios: Corolla ignora crise e Jetta passa o Cruze em maio
Os dois grandes destaques negativos foram modelos importados: com apenas 91 emplacamentos, o Kia Cerato recuou quase 62% em relação a maio de 2014 e nem de longe lembra o modelo que chegou a figurar no pódio do segmento entre 2010 e 2011. Situação ainda pior para o Peugeot 408, com apenas 82 emplacamentos e a maior de todas as quedas (-84%) também confrontando os números de 2014.
Sedãs médios: Corolla ignora crise e Jetta passa o Cruze em maio
Sedãs médios: Corolla ignora crise e Jetta passa o Cruze em maio
Fonte: Fenabrave

Seja parte de algo grande

Sedãs médios: Corolla ignora crise e Jetta passa o Cruze em maio

Foto de: Thiago Parísio