Funcionários da GM encerram greve na fábrica de São José dos Campos

Iniciada no dia 20 de fevereiro, a greve dos funcionários da fábrica da General Motors em São José dos Campos (SP) finalmente chegou ao fim. Encerrada na última quinta-feira (26) após acordo firmado entre a empresa e o sindicato local, a paralisação foi motivada pela ameaça de demissão de 798 dos 5.200 trabalhadores da unidade. Na proposta acordada, 650 dos 798 colaboradores com empregos ameaçados terão contratos de trabalho suspensos (regime de layoff) por cinco meses, mas continuarão recebendo salários.
Funcionários da GM encerram greve na fábrica de São José dos Campos
Dessa forma, o novo layoff dos 650 funcionários terá início no dia 9 de março e proporcionará três meses de estabilidade após a volta ao trabalho. Segundo o sindicato, a GM pagará integralmente o salário durante o período e garantirá os valores da Participação nos Lucros e Resultados (PLR). A medida afetará trabalhadores de diversos setores, mas a marca ainda não definiu quais. O layoff é uma medida necessária para adequar a produção à demanda do mercado, completa a empresa.

Seja parte de algo grande