Segredo: motor 3-cilindros da Fiat fica para depois e novo compacto terá 1.0 atual

Em abril revelamos que o novo motor 1.0 3-cilindros da Fiat vai estrear sob o capô do Uno e depois equiparia o novo subcompacto da marca, conhecido como projeto X1H, previsto para ser lançado em 2016. Pois novas informações obtidas com gente ligada à marca dão conta que o futuro hatch chegará inicialmente com o motor 1.0 atual, o Fire 4-cilindros de 75 cv. A questão é que a Fiat vai usar estratégia semelhante à da VW com o novo tricilíndrico, substituindo gradualmente o 1.0 4-cilindros. Na VW o motor estreou no Fox Bluemotion para depois aparecer no up! e agora equipar todos os os Fox 1.0. Pois na Fiat o 1.0 3-cilindros vai estrear no Uno e depois passar, aos poucos, para o X1H e então chegar também ao Palio. Surpresa no desenvolvimento do inédito 1.0 da Fiat será o uso de um cabeçote de apenas duas válvulas por cilindro, totalizando somente 6 válvulas. "Prioridade será torque e, principalmente, consumo", revela um informante. Em conjunto com o sistema start-stop (já disponível no Uno Evolution), terá como meta ser o mais econômico do país. Além do 1.0 3-c também virá um novo 1.4 8V com potência na casa dos 100 cv, para o Uno e Palio. Também há outros informes sobre o X1H, e o principal deles diz respeito à plataforma. Utilizando novas técnicas de dobras e colagem de chapas, a Fiat já conseguiu produzir uma plataforma mais barata e segura que a 327 do Uno. "O carro será leve e barato, mas terá resultado muito bom nos chash-tests", antecipa uma fonte. A plataforma do X1H partirá da atual 327, mas será encurtada em comprimento e, acredite, entre-eixos – sendo que o Uno tem apenas 3,77 m e 2,37 m nestas medidas, respectivamente. O aproveitamento de componentes do Uno também será visível ao consumidor, uma vez que até o para-brisas será o mesmo. Na parte interna deverá haver muitas comandos em comum com o irmão maior. Lembre-se que o Uno passou por uma reestilização recentemente e ganhou refinamento na cabine. abrindo, portanto, um espaço para ter um carro de entrada abaixo dele. A aposta da Fiat, dizem nos corredores da empresa, é ter um carro do porte do VW up!, mas com preço de Palio Fire - sendo que este não será aposentado de imediato com a chegada do novo hatch, mas sim conforme a resposta do mercado.
Segredo: motor 3-cilindros da Fiat fica para depois e novo compacto terá 1.0 atual
Por ter porte inferior ao do Uno, o modelo deverá apostar na altura do teto para conseguir espaço suficiente para quatro adultos, certamente com porta-malas bem limitado. A Fiat vai bancar no X1H a solução da tampa traseira de vidro (como no up! europeu), solução que diminui peso e custos, mas que a VW preferiu não adotar no up! nacional. O formato geral não será muito diferente do Uno, com frente curta, teto elevado e traseira com corte abrupto. Mas o desenho terá personalidade própria, como antecipamos em abril com essas projeções exclusivas, muitíssimo bem executadas pelo designer digital Du Oliveira.
Segredo: motor 3-cilindros da Fiat fica para depois e novo compacto terá 1.0 atual
Segundo fontes ligadas à Fiat, o hatch terá dianteira robusta, com a linha do capô definindo o topo da grade e dos faróis. A grade não será assimétrica, como acontece no Uno, e os faróis serão mais estreitos e puxados para as laterais, formando uma ponta arredondada na junção de capô e para-lama. A porta dianteira terá recorte semelhante à do Uno, mas a traseira será um pouco menor (devido ao entre-eixos mais curto), sendo a janela traseira com corte invertido, mais larga na parte superior. Visto por trás, o compacto vai se diferenciar pela tampa inteiramente de vidro com acabamento preto na parte inferior. As lanternas manterão o formato vertical, mas não ficarão nas colunas como no Uno, e sim na parte de baixo, terminando na mesma linha da base da tampa. E a placa será posicionada no para-choque, por conta da tampa de vidro. Por Daniel Messeder Projeções: Du Oliveira, exclusivo para o CARPLACE

Seja parte de algo grande

Segredo: motor 3-cilindros da Fiat fica para depois e novo compacto terá 1.0 atual

Foto de: Daniel Messeder