Toyota CH-R (rival do HR-V) será feito na Turquia - Brasil segue indefinido

A Toyota confirmou o lançamento da versão de produção do crossover CH-R no Salão de Genebra, em março, com posterior fabricação na planta da marca em Sakarya, na Turquia. A princípio, o rival do Honda HR-V será vendido somente nos mercados europeus. Com visual bastante arrojado, que manterá muito das linhas do conceito, o CH-R utiliza a nova plataforma TNGA da Toyota, inaugurada pelo novo Prius. Especula-se, inclusive que o crossover estreará numa versão híbrida aos moldes do Prius, só ganhando versões convencionais mais tarde. Ele será o oitavo modelo da Toyota feito na Europa, se juntando ao Aygo, Yaris, Auris, Corolla, Verso, Camry e Avensis.
Toyota CH-R (rival do HR-V) será feito na Turquia - Brasil segue indefinido
Além do HR-V, a Toyota aposta bastante no CH-R para brigar com o Nissan Juke, sucesso de vendas na Europa - daí a opção pelo design radical. O plano original da Toyota era vendê-lo também nos EUA como Scion, mas com a extinção da marca jovem ele chegará às Américas em 2017 com o logotipo da Toyota. O que nos leva a pergunta: e no Brasil? Bem, oficialmente a Toyota desmente a venda do CH-R por aqui, alegando que o modelo seria caro demais para as pretensões de um crossover compacto. Além disso, os executivos japoneses estão receosos de investir mais dinheiro no país neste momento de retração do mercado - basta lembrar que, além das fábricas de São Bernardo, Indaiatuba e Sorocaba, a Toyota ainda está construindo uma unidade de motores em Porto Feliz (SP). Ou seja, o caminho atual indica que não teremos o crossover no Brasil.
Toyota CH-R (rival do HR-V) será feito na Turquia - Brasil segue indefinido
No entanto, o sucesso de rivais como HR-V e Renegade e a entrada de Nissan (Kicks) e Hyundai (ix25) no segmento podem fazer com que a marca repense seus planos sobre um CH-R nacional. Afinal, por que a Toyota ficaria de fora deste filão? Corolla e Hilux são caros para suas respectivas categorias e nem por isso deixam de liderá-las nas vendas.

Seja parte de algo grande