VW tem 30 dias para esclarecer se Amarok está envolvida no 'dieselgate'

A Volkswagen confirma nesta semana o recebimento de uma notificação do Ibama relacionada ao escândalo de fraude de emissões no Brasil. Segundo informado, o órgão cobra informações sobre a presença do software manipulador em veículos vendidos no mercado brasileiro, tendo a marca o prazo de 30 dias para prestar todos os esclarecimentos. A picape Amarok é o único modelo vendido por aqui com motores da linha EA 189, até agora os únicos envolvidos no escândalo.
VW tem 30 dias para esclarecer se Amarok está envolvida no 'dieselgate'
Caso sejam constatadas irregularidades, a VW será condenada a pagar R$ 50 milhões em multas e terá de realizar um recall para corrigir o problema. Não obstante, o Ibama também quer saber se a montadora instalou o "dispositivo malicioso" em carros produzidos no Brasil, o que coloca sob investigação também os modelos equipados com motores flex. A marca tem até o início do próximo mês de novembro para esclarecer os questionamentos.

Seja parte de algo grande