Buenos Aires: barrado no Brasil, 500X aparece para argentino ver (e talvez comprar)

Após a estreia em mercados como a Europa e Estados Unidos, o Fiat 500X é exibido no Salão de Buenos Aires. Descartado para o mercado brasileiro e ainda sem confirmação de vendas na Argentina, o novo crossover da marca italiana vai testar a receptividade dos hermanos e quem sabe no futuro chegar às lojas.
Buenos Aires: barrado no Brasil, 500X aparece para argentino ver (e talvez comprar)
Compartilhando plataforma com o primo Renegade, o 500X mede 4,25 metros de comprimento e 1,6 metro de altura. A capacidade no porta-malas é de 330 litros. Podendo ser equipado com seis airbags, controle de estabilidade e alertas para saída da faixa e pontos cegos, o crossover possui nas versões mais completas o “Drive Mood Selector”, que muda parâmetros do motor, freios, direção e transmissão. Em modelos com tração dianteira, ele ativa o sistema de controle “Traction Plus”, que melhora a aderência.
Buenos Aires: barrado no Brasil, 500X aparece para argentino ver (e talvez comprar)
Especulado para ganhar as linhas de montagem da fábrica de Goiana (PE), onde atualmente é produzido o Jeep Renegade, o 500X já havia sido descartado para o Brasil por Sergio Marchionne, chefão do grupo FCA. Em entrevista coletiva durante a inauguração da fábrica o assunto novamente veio à tona e a resposta foi negativa.
Buenos Aires: barrado no Brasil, 500X aparece para argentino ver (e talvez comprar)
Fiat 500X 2015 No lançamento do Renegade no país, a FCA anunciou que pretendia chegar à liderança do segmento de SUVs compactos em poucos meses, apesar do grande sucesso do rival Honda HR-V. Nesse contexto, o 500X poderia ser um bom aliado do modelo Jeep e permitiria ao grupo oferecer duas opções distintas no mesmo segmento. Sabe-se, inclusive, que a rede Fiat pede a vinda do modelo ao país. Reportagem e Fotos: Daniel Messeder, de Buenos Aires (Argentina) Viagem a convite da Anfavea Fotos: Fiat 500X

Seja parte de algo grande