Flagra! Pegamos o Audi A3 Sedan feito no Brasil, que chega em novembro

Este é o Audi A3 Sedan 1.4 turboflex produzido no Brasil. Flagrado por nossa equipe já em posse da rede de concessionários, a versão brasileira do sedã deverá ser lançada oficialmente no começo de novembro, segundo fontes ligadas à marca. Conforme antecipamos, o A3 feito ao lado do Golf em São José dos Pinhais (PR) sofreu as mesmas alterações de projeto do hatch da Volkswagen. Ganhou o motor 1.4 turboflex, com 150 cv de potência e 25,5 kgfm de torque (etanol), trocou o câmbio de dupla embreagem e sete marchas pelo automático convencional de seis velocidades e ainda adotou uma suspensão traseira por eixo de torção (como mostramos no detalhe na foto abaixo); Ao vivo, também é sensível como a suspensão foi elevada, fato confirmado por gente da Audi.
Flagra! Pegamos o Audi A3 Sedan feito no Brasil, que chega em novembro
A ideia, no geral, foi adaptar tanto o Golf quanto o A3 às "condições brasileiras". Por essa afirmação entenda-se motor flex, para poder beber nossa gasolina com quase 30% de etanol (ou mesmo etanol puro), suspensão mais "parruda" para pisos degradados (daí o eixo traseiro que aguenta mais pancada) e uma transmissão que não tivesse as reclamações de ruído da DSG/S-Tronic de caixa seca, como a que equipa os A3 e Golf importados.
Flagra! Pegamos o Audi A3 Sedan feito no Brasil, que chega em novembro
Claro que também há uma bela redução de custos nesta história, uma vez que o eixo de torção é significativamente mais barato que uma suspensão multibraços e a transmissão Tiptronic de seis marchas já está mais do que paga - é a mesma que equipava o velho Golf geração "4,5" nacional e é usada também no Jetta 2.0 8V. Quem já andou no A3 brasileiro garante que o ganho de força no motor compensa a caixa mais lenta nas mudanças, enquanto a suspensão está mais macia nos buracos. No entanto, acabaram aquelas trocas "instantâneas" que tanto empolgavam na caixa de dupla embreagem, e também não há mais tanto equilíbrio dinâmico em curvas velozes - coisa que sempre elogiamos no A3 Sedan. Visualmente, nada identifica a versão brasileira além das rodas aro 17" com novo desenho.
Flagra! Pegamos o Audi A3 Sedan feito no Brasil, que chega em novembro
Em termos de valores, a intenção da Audi é ter o A3 Sedan nacional começando abaixo dos R$ 100 mil (nem que isso signifique R$ 99.990) e um pouco mais equipado em relação à versão de entrada importada. As versões manterão as nomenclaturas Attraction e Ambiente, podendo chegar a cerca de R$ 140 mil com todos os opcionais. Numa segunda fase da nacionalização, o A3 Sedan será feito também em versões mais caras, com motor 2.0 turbo de 220 cv e câmbio S-Tronic de seis marchas (caixa úmida, como a do Golf GTI), além da suspensão multilink na traseira. Fotos: Equipe CARPLACE - proibida a reprodução sem autorização prévia

Seja parte de algo grande

Flagra! Pegamos o Audi A3 Sedan feito no Brasil, que chega em novembro

Foto de: Daniel Messeder