Citroën descarta lançamento de modelos retrô: "não é do nosso gosto"

Questionada recentemente sobre o lançamento de modelos com estilo retrô, a Citroën foi categórica e descartou qualquer possibilidade. Em entrevista concedida ao site australiano CarAdvice, Alexandre Malval, diretor de design da marca, afirmou que "não faria sentido" seguir a proposta de marcas como Fiat (linha 500), Volkswagen (novo Fusca) e MINI, por exemplo. "Apreciamos o 500 e o Cooper, mas não podemos concentrar o sucesso de uma marca em uma só linha de modelos. Não é do nosso gosto.", completou.
Citroën descarta lançamento de modelos retrô: "não é do nosso gosto"
Para Malval, a tendência a ser seguida pela empresa tem que se basear prioritariamente nos ideais de Andre Citroen, cuja premissa foi sempre oferecer a resposta mais contemporânea possível para as demandas do mercado. "Sempre nos perguntam quando faremos um novo 2CV. Eu digo que é inviável tê-lo hoje, pois seria pesado, caro e distante da proposta original. Seguindo o espírito de vanguarda do nosso fundador, temos hoje o C4 Cactus, que é inteligente, acessível, esperto e popular", disse.

Seja parte de algo grande