Honda começa a produção do novo Civic em série

A Honda deu o start de produção do novo Civic na planta da marca em Alliston, Canadá, responsável por abastecer os mercados da América do Norte. Lançada primeiro na versão sedã, a nova geração do modelo terá ainda versões cupê, hatchback, esportiva Si e a endiabrada Type R - que pela primeira vez será vendida nos EUA.
Honda começa a produção do novo Civic em série
De acordo com a Honda, o Civic de 10ª geração representa a maior revolução do modelo em 43 anos de história. Novidades incluem design tipo fastback na traseira do sedã, motor 1.5 turbo de 176 cv e 22,3 kgfm e transmissão automática CVT, além de um chassi mais rígido e interior com upgrade. Entre os novos equipamentos estão freio de estacionamento eletrônico e sistema de frenagem autônoma em caso de emergência.
Honda começa a produção do novo Civic em série
Testes iniciais da imprensa norte-americana revelaram que o Civic turbo acelera de 0 a 100 km/h em pouco mais de 7 segundos, um resultado que supera até mesmo o atual Si. Quanto à dirigibilidade, disseram que o Civc mantém sua tocada leve e com pouco balanço de carroceria. A direção ficou mais rápida (uma característica da 8ª geração) e ganhou maior sensibilidade, sem perder a leveza característica do volante do Civic.
Honda começa a produção do novo Civic em série
Internamente, a cabine recebeu materiais de melhor qualidade e novo painel, agora com o quadro de instrumentos em posição tradicional - o cluster em dois andares ficou no passado. O teto mais baixo requer algum cuidado com a cabeça dos passageiros do banco de trás, mas o espaço interno ficou mais amplo que o do modelo atual. Preços nos EUA partem de US$ 18.640, o equivalente a pouco mais de R$ 72 mil. Turboflex no Brasil
Honda começa a produção do novo Civic em série
Já com lançamento programado para o Brasil no segundo semestre de 2016, o novo Civic nacional receberá injeção flex no motor 1.5 turbo, podendo chegar a cerca de 180 cv com etanol. A transmissão será sempre automática CVT, tanto na versão 1.5 T quanto na 2.0 aspirada, que deverá manter o conhecido propulsor 2.0 Flex One de 155 cv.
Honda começa a produção do novo Civic em série

Seja parte de algo grande