Software "enganador" está presente em 17 mil unidades da VW Amarok no Brasil

A Volkswagen confirmou nesta quarta-feira (21) que os modelos 2011 e parcialmente 2012 da picape Amarok estão equipados com o software que deu origem ao escândalo nos EUA ao otimizar os resultados de emissões de NOx (óxidos de nitrogênio) durante os ensaios de emissão em laboratório. Em comunicado, a marca afirmou que está investigando na Alemanha a influência desse software no atendimento dos limites de emissões. A nota diz ainda que esta aplicação não prejudica a segurança nem a funcionalidade do veículo. A atualização com a correção do problema está sendo desenvolvida pela matriz e será aplicada nos modelos afetados a partir do primeiro trimestre de 2016. A Amarok vendida no Brasil é feita na Argentina e está equipada com o motor 2.0 Diesel 2.0L do tipo EA189, que vem importado da Alemanha. Ao todo 17.057 unidades da picape foram afetadas no Brasil. A marca informa ainda que os demais modelos equipados com motores a gasolina ou Total Flex, estão de acordo com os níveis da legislação de emissões.
Software "enganador" está presente em 17 mil unidades da VW Amarok no Brasil
Veja na tabela abaixo os modelos envolvidos:
Software "enganador" está presente em 17 mil unidades da VW Amarok no Brasil
Os proprietários brasileiros da Amarok devem aguardar o contato por meio de carta da Volkswagen a partir do primeiro trimestre de 2016. Mais informações podem ser adquiridas na Central de Relacionamento com Clientes pelo telefone 0800 019 5775 ou o site da empresa na internet.

Seja parte de algo grande

Software "enganador" está presente em 17 mil unidades da VW Amarok no Brasil

Foto de: Redação