Mudança de planos: VW diz que ser maior do mundo não é mais prioridade

Idealizado pela Volkswagen há anos e com ápice previsto para 2018, o plano de liderança do mercado global de carros não é mais considerado prioridade. Em entrevista concedida durante a abertura do Salão de Tóquio, Herbert Diess, chefe da área de automóveis da marca, declarou que o objetivo inicialmente traçado de tornar a fabricante alemã na maior montadora do mundo foi deixado de lado. "Nossa prioridade agora é recuperar a confiança de nossos clientes. Mais tarde pensaremos em quotas de mercado", disse Diess.
Mudança de planos: VW diz que ser maior do mundo não é mais prioridade

Leia também: Após escândalo, Volkswagen perde liderança global de vendas para a Toyota
Segundo o executivo, a marca agora trabalha para resolver as implicações do 'dieselgate' e encontrar a melhor solução possível para os motores poluentes. Questionado sobre uma eventual recompra dos carros defeituosos, Diess afastou a possibilidade e disse que o reparo consiste na atualização do software problemático e que isso não acarretará quaisquer alterações no desempenho dos veículos. "Temos a certeza de que poderemos resolver a maioria dos carros somente com a atualização do sistema", completou.
Mudança de planos: VW diz que ser maior do mundo não é mais prioridade
"Nossa prioridade é realmente olhar para nossos clientes, resolver todos os problemas, recuperar a confiança e então vamos pensar uma estratégia para o mercado americano, que com certeza é nosso maior desafio", concluiu.

Seja parte de algo grande