Volkswagen: fábrica de São Bernardo terá 2.357 funcionários em layoff

O sindicato que reúne os trabalhadores da fábrica da Volkswagen em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, confirma que a marca deve colocar em breve aproximadamente 2.357 funcionários em regime de layoff (suspensão temporária do contrato de trabalho). Oficialmente a marca não comentou o assunto, mas a entidade adianta que a medida passará a valer a partir do próximo dia 6. Como em outras ocasiões, a ação tem o objetivo de adequar o ritmo de produção à baixa demanda do mercado.
Volkswagen: fábrica de São Bernardo terá 2.357 funcionários em layoff
Responsável pela montagem dos modelos Gol e Saveiro, a fábrica tem atualmente 12 mil funcionários, sendo 8 mil unicamente da área de produção. Até 2014, o volume diário de veículos produzidos girava em torno dos 1.400 exemplares, mas com a queda das vendas o número caiu para cerca de 800. A redução é reflexo direto do comportamento do mercado: de janeiro a maio deste ano os emplacamentos da marca no segmento de automóveis caiu 18,5% e na categoria de comerciais leves, 32,6%.

Seja parte de algo grande