Mercedes bate recorde de vendas no 1º semestre no Brasil; Classe C é carro-chefe

Passando incólume aos efeitos da crise junto com praticamente todas as marcas premium do mercado, a Mercedes-Benz comemora nesta semana recorde nas vendas do primeiro semestre no Brasil. Conforme explica a fabricante, foi o melhor resultado alcançado no país até hoje, com aproximadamente 7.513 unidades emplacadas. O número representa aumento de 50,7% sobre as cifras conquistadas no mesmo período de 2014 (4.985 unidades) e permitiu à companhia abocanhar uma fatia de 33,3% no segmento.
Mercedes bate recorde de vendas no 1º semestre no Brasil; Classe C é carro-chefe
Junho foi disparado o melhor mês já registrado, com 1.756 emplacamentos, de modo que o sedã Classe C foi o modelo de maior destaque. Carro-chefe da empresa, o três volumes já tem mais de 3.084 unidades acumuladas desde janeiro e deve fechar o ano com vendas históricas. Merece atenção também o GLA, SUV do Classe A, que ocupa a segunda posição entre os mais vendidos da marca. Até o mês passado o crossover soma 1.880 exemplares vendidos.
Mercedes bate recorde de vendas no 1º semestre no Brasil; Classe C é carro-chefe

Fábrica no Brasil

A partir de 2016, como já dito em outras ocasiões, a Mercedes começará a produzir automóveis no Brasil. Mais de R$ 500 milhões vêm sendo investidos na cidade de Iracemápolis, no interior de São Paulo, para a construção de uma fábrica que produzirá o Classe C e o GLA, exatamente os modelos de maior sucesso da empresa no mercado nacional. A planta terá 140 mil m² de área construída e tornará a fabricante a única marca (sem contar grupos) a produzir, na América Latina, caminhões, ônibus, vans e automóveis.

Seja parte de algo grande