Sedãs de entrada: Siena tem pior resultado em quase 10 anos; Prisma lidera

Único modelo a crescer na comparação com janeiro (+2,8%) e com fevereiro de 2015 (+9,5%), o Hyundai HB20S emplacou 3.692 unidades no mês passado e se manteve na vice-liderança, encurtando para menos de oitocentas unidades uma desvantagem de quase duas mil em janeiro.
Sedãs de entrada: Siena tem pior resultado em quase 10 anos; Prisma lidera
Com vendas quase 20% menores em relação a janeiro, o Chevrolet Prisma (4.408) ainda perdeu quase 8% do que emplacou há um ano. Responsável por 3.092 unidades, o Fiat Siena teve seu resultado mais fraco desde abril de 2006 (2.850).
Sedãs de entrada: Siena tem pior resultado em quase 10 anos; Prisma lidera
Praticamente estável em relação a janeiro, o VW Voyage (2.201) se manteve em quarto. Sétimo no mês anterior, o Ford Ka+ (1.629) completou o top 5 com um avanço de 17% no período.
Sedãs de entrada: Siena tem pior resultado em quase 10 anos; Prisma lidera
Reforçado pelas vendas para pessoas jurídicas, o Renault Logan emplacou 1.551 unidades, quase 60% a mais do que em janeiro, e subiu para a sexta posição. Mesmo com números quase sete vezes superiores aos de 2015, o Nissan Versa (1.292) caiu para o sétimo lugar.
Sedãs de entrada: Siena tem pior resultado em quase 10 anos; Prisma lidera
O destaque negativo de fevereiro foi o veterano Classic. Com apenas 1.001 unidades comercializadas, o Chevrolet recuou quase 70% em um ano e atingiu o seu recorde negativo a última vez que o modelo havia vendido tão pouco fora em março de 2002 (1.072).
Sedãs de entrada: Siena tem pior resultado em quase 10 anos; Prisma lidera
Observação: - As vendas do Fiat Siena também incluem a versão Grand Siena, já que a Fenabrave não segrega as vendas do modelo. Fonte: Fenabrave

Seja parte de algo grande