Renault Alaskan aparece sem disfarces em versão de produção

A Renault havia inicialmente programado o lançamento da picape Alaskan apenas para 2017, mas a imagem que acaba de vazar na web comprova que os planos parecem ter sido adiantados. Captada dentro das instalações da própria marca, a foto mostra a dianteira da camionete com visual praticamente idêntico ao conceito apresentado em Frankfurt. O formato da grade é o mesmo, assim como o desenho dos faróis e o logotipo destacado. A novidade fica apenas para a moldura dos faróis de neblina, além da barra que liga um ao outro.
Renault Alaskan aparece sem disfarces em versão de produção
Estratégica para os planos globais da Renault, a Alaskan será produzida junto com a Nissan Frontier na fábrica de Córdoba, na Argentina, e também em Barcelona, na Espanha. Não custa lembrar, a picape japonesa emprestou toda sua base mecânica para o modelo francês e dará origem também à primeira picape média da Mercedes, por enquanto batizada de GLT. O objetivo é abrir mercado em países bastante consumidores de picapes deste porte, como Brasil, África do Sul, Tailândia e Austrália, além de atuar em algumas regiões da Europa.
Renault Alaskan aparece sem disfarces em versão de produção
Como dito há algumas semanas, a Alaskan chegará ao mercado com um diferencial mecânico bastante incomum no segmento: um motor diesel de apenas 1.6 litro. Trata-se de um bloco já usado pela Renault nas vans da marca na Europa e que tem capacidade para render até 160 cavalos e 39,7 kgfm de torque. Será um proposta de downsizing para a categoria, com a promessa de números elogiáveis de consumo de combustível.

Seja parte de algo grande