Fiat reajusta preços e Bravo é o mais "prejudicado" com aumento de R$ 6,3 mil

Se a vida não está fácil para os hatches médios como um todo, o que dizer então do Fiat Bravo. Com apenas 90 unidades emplacadas em fevereiro e 401 no acumulado do ano (de acordo com a Fenabrave), o médio produzido em Betim (MG) pouco a pouco vai se isolando na lanterna do segmento. Leia também: Teste CARPLACE: Bravo Essence coloca “pé no chão”, mas empaca no Dualogic
Fiat reajusta preços e Bravo é o mais "prejudicado" com aumento de R$ 6,3 mil
Podendo agravar a situação das fracas vendas do modelo, nesta semana a Fiat realizou um novo reajuste de preços para praticamente toda a linha. Os aumentos começam em R$ 370 (Palio Fire 2P), mas podem chegar a valores bem salgados no caso do Bravo: R$ 6.350. Com isto, a versão T-Jet 1.4 turbo vai a R$ 89.770, e com todos os opcionais disponíveis, R$ 102.615.
Fiat reajusta preços e Bravo é o mais "prejudicado" com aumento de R$ 6,3 mil
Veja a tabela (preço anterior entre parênteses): Fiat Bravo Essence 1.8 - R$ 71.050 (R$ 65.930) Fiat Bravo Sporting 1.8 - R$ 79.200 (R$ 73.010) Fiat Bravo Blackmotion 1.8 - R$ 80.440 (R$ 74.090) Fiat Bravo T-Jet 1.4 turbo - R$ 89.770 (R$ 84.290)

Seja parte de algo grande