Nova plataforma da GM dará origem a família de compactos no Brasil

Conforme antecipamos, a GM em parceria com chinesa SAIC investirá 500 milhões de dólares para desenvolver uma nova família de carros compactos para os mercados emergentes. Chamado de projeto GEM (Global Emerging Markets), a nova plataforma de baixo custo servirá de base para os sucessores de Onix/Prisma, Classic/Sail, Sonic e Aveo, e também Spin e Cobalt. Leia também: GM anuncia produção de 6 novos modelos no Brasil a partir de 2019
Nova plataforma da GM dará origem a família de compactos no Brasil
O site Argentina Autoblog teve acesso a documentação do projeto e adiantou alguns detalhes da nova arquitetura, que ainda não tem data oficial de lançamento e só deve ficar pronta a partir de 2017. A GEM tem como objetivo substituir os modelos citados acima por uma nova família de compactos: um hatchback, dois sedãs, um SUV, uma picape, duas minivans (cinco e sete lugares) e um crossover compacto. A GM espera produzir mais 550 mil veículos por ano somente na América Latina com a nova plataforma. Em termos globais, o número sobe para 1,8 milhão.Um trecho do documento diz ainda: "Uma única família de carros globais, que substitua o legado de diferentes modelos, permitirá melhorar a economia de escala, fornecedores, marketing e pós-venda".
Nova plataforma da GM dará origem a família de compactos no Brasil
Leia também: GM deve reavaliar investimento bilionário no Brasil por conta da crise Os novos modelos serão produzidos em nove plantas da GM ao redor do mundo. No caso do Mercosul, a produção deve ficar concentrada no Brasil, pelo menos a princípio. Lembrando que recentemente a marca fez um anúncio que poderia diminuir investimentos no país, caso a economia não apresente perspectivas de melhora. Fonte: Argentina Autoblog

Seja parte de algo grande