Kawasaki Ninja R2: marca prepara moto com supercharger mais acessível

A Kawasaki causou furor no mundo duas rodas ao lançar as endiabradas Ninja H2 e H2R com motor 4-cilindros de 1 litro sobrealimentados por supercharger que geram, respectivamente, 200 e 300 cv de potência. Acontece que são motos extremamente de nicho, não só pelo "nervosismo" do motor, mas principalmente por conta do preço: R$ 120 mil na H2 e R$ 350 mil na H2R, versão de pista. Pois a marca japonesa prepara agora uma moto sobrealimentada mais, digamos, acessível. Segundo os caras da Motorcycle News, da Inglaterra, a Kawasaki vai expandir o uso do supercharger em motos menos radicais que a H2. E a próxima seria a Ninja R2, cujo motor de 4-cilindros deverá deslocar cerca de 800 cc, gerando potência na casa dos 190 cv e torque ao redor dos 11 kgfm.
Kawasaki Ninja R2: marca prepara moto com supercharger mais acessível
Além de ser mais leve e compacto que o motor da H2, o novo propulsor teria compressor de geometria variável, ou seja, com variação do ângulo de suas pás para ganhar rotação mais rapidamente e evitar o "lag" em baixos giros. Outra aplicação ficaria por conta do intercooler, para esfriar o ar antes da entrada na turbina, tornando assim a indução mais densa. Quanto ao visual, a projeção acima foi feita com base em "vazamento" de informações da própria Kawasaki, que indicaram o uso de algumas linhas da H2, sobretudo nas laterais e rabeta, mas com uma dianteira mais convencional. O lançamento está previsto para o começo de 2017, com possível aparição pública ainda no fim deste ano em algum dos grandes salões de duas rodas.

Seja parte de algo grande