Cobalt também deu adeus à Rússia junto com quase todos os Chevrolet

Temendo as consequências da crise político-econômica que atinge a Rússia, a Chevrolet suspendeu as vendas de praticamente toda sua linha no país atingindo em especial um modelo bastante conhecido dos brasileiros. Conforme anunciado pela marca, o sedã Cobalt foi um dos vários veículos que deixaram de ser vendidos no mercado local desde a semana passada. Além dele, saíram do portfólio Cruze, Aveo, Malibu e Orlando - ficando apenas Corvette, Camaro e Tahoe. Projetado e desenvolvido no Brasil, o Cobalt tornou-se conhecido dos russos em meados de 2012 quando foi apresentado ao público durante o Salão de Moscou. Chegou ao mercado local meses depois e posteriormente ao Uzbequistão, onde é produzido para toda a região. Sob o capô, conta sempre com um motor 1.5 16V a gasolina com potência de 105 cavalos e 13,6 kgfm de torque máximo a 4.000 rpm. O câmbio pode ser manual de cinco marchas ou automático de seis.

Seja parte de algo grande