PSA: 1° semestre tem queda de 28,7% nas vendas na América Latina

A francesa PSA fechou o primeiro semestre de 2015 em alta. Com 1.546.560 unidades comercializadas globalmente, o grupo, que engloba as marcas Peugeot, Citroën e DS, cresceu 0,37% em relação ao mesmo período do ano passado. Com 886.309 unidades, a Peugeot foi a principal responsável pela evolução. Respondendo por 57,3% das vendas totais do grupo, a marca avançou 3,86% no período. Somente na Europa, o crescimento foi de 6,74%, em grande parte fruto do sucesso do novo 308, um dos três mais vendidos da categoria no continente.
PSA: 1° semestre tem queda de 28,7% nas vendas na América Latina
A Citroën, por sua vez, perdeu espaço. Os 606.803 veículos vendidos representaram um recuo de 2,71%. A Europa, no entanto, colaborou para que o resultado não fosse ainda pior. No Velho Continente, a marca se aproveitou do bom desempenho dos novatos C4 Cactus (mais de 43 mil unidades vendidas somente neste ano) e C1, que emplacou mais de 32 mil unidades e cresceu mais de 50% em relação ao mesmo período do ano passado.
PSA: 1° semestre tem queda de 28,7% nas vendas na América Latina
Já a premium DS não acompanhou as demais. Com 53.448 unidades, a marca que concentra os modelos mais sofisticados do grupo recuou 16,21%, embora a Europa, que concentra quase 80% das vendas, tenha registrado um consumo 2,63% superior.
PSA: 1° semestre tem queda de 28,7% nas vendas na América Latina
Com mercados em recessão na América Latina, as vendas das três marcas na região que representa menos de 5% do total do grupo caíram 28,57%, com apenas 76.279 unidades.
PSA: 1° semestre tem queda de 28,7% nas vendas na América Latina
Vendas globais do Grupo PSA em 2015 Fonte: Peugeot Citroën do Brasil

Seja parte de algo grande