Renault: vendas caem 18,7% no Brasil e crescem 10% na Europa no 1º semestre

O Grupo Renault – dono das marcas Renault, Dacia e Samsung Motors – encerrou o primeiro semestre de 2015 em alta. Com 1.375.863 veículos comercializados globalmente, o conglomerado francês avançou 0,7% na comparação com o mesmo período de 2014. A romena Dacia foi a principal responsável pelos números positivos do conglomerado. Participando com 289.610 unidades deste total, 10% a mais do que no ano anterior, a marca comemora neste ano seu 10º aniversário de lançamento no continente europeu.
Renault: vendas caem 18,7% no Brasil e crescem 10% na Europa no 1º semestre
Já as vendas da Renault Samsung Motors, de apenas 37.268 unidades na Coreia do Sul, representaram números 3,9% inferiores aos de um ano atrás.
Renault: vendas caem 18,7% no Brasil e crescem 10% na Europa no 1º semestre
A Renault, por sua vez, com 1.048.985 unidades perdeu 1,4% de suas vendas de um ano para o outro. O resultado só não foi pior por conta do ótimo desempenho da divisão de veículos comerciais (163.661 unidades), com avanço de 7,8%.
Renault: vendas caem 18,7% no Brasil e crescem 10% na Europa no 1º semestre
Na Europa (incluindo a França), no entanto, houve motivos para comemorações: a marca conquistou a preferência de 643.928 consumidores e viu suas vendas avançarem 10,6% graças ao bom desempenho comercial de modelos como o novo Clio, o Captur e o Twingo, além dos utilitários Trafic e Master. As turbulências encontradas em alguns mercados emergentes pesaram para que os resultados do Grupo não fossem melhores, especialmente na Rússia e no Brasil, mercados em queda de 40,8% e 18,7%, respectivamente. “Neste primeiro semestre de 2015, fortalecemos sensivelmente nossa posição na Europa e conseguimos amortecer a queda dos mercados russo e brasileiro. Estes resultados demonstram que somos menos dependentes de um ou outro mercado e que sabemos aproveitar oportunidades onde quer que elas se encontrem” afirmou Jérôme Stoll, membro do Comitê Executivo, Diretor Delegado de Performance e Diretor Comercial do Grupo.
Renault: vendas caem 18,7% no Brasil e crescem 10% na Europa no 1º semestre
Responsável por 89.527 unidades (7,04% do total), o Brasil foi o segundo mercado mais importante, atrás apenas da França (325.365), mas por pouco não perdeu a posição para a Itália (86.217) – onde o Grupo registrou sua melhor performance nos últimos 30 anos (9,2% de participação de mercado) - e para a Alemanha (86.107). Fonte: Renaut do Brasil

Seja parte de algo grande

Renault: vendas caem 18,7% no Brasil e crescem 10% na Europa no 1º semestre

Foto de: Thiago Parísio