Kia conclui mega fábrica no México em tempo recorde de olho no Brasil

Kia conclui mega fábrica no México em tempo recorde de olho no Brasil
A Kia Motors já concluiu a construção de sua nova fábrica no México, a primeira na América Latina e segunda nas Américas após a de Georgia, nos Estados Unidos. Localizado no Pesquería, Nuevo León, e com investimento inicial de cerca de US$ 3 bilhões, o complexo dispõe de 500 hectares e foi construído em apenas 13 meses, representando a conclusão mais rápida de qualquer fábrica na história da montadora sul-coreana. "Graças aos processos de tecnologia e fabricação estado-da-arte introduzidas para a planta, esperamos ser uma das fábricas de automóveis mais respeitadoras do ambiente na região", disse o presidente da Kia Motors do México, Seong-Bae Kim.
Kia conclui mega fábrica no México em tempo recorde de olho no Brasil
"Uma vez que a produção em massa comece, vai demorar menos de um minuto para um veículo sair da linha de montagem, o que tornará a unidade entre as mais produtivas entre todas as plantas da Kia globalmente." A unidade empregará cerca de 14.000 funcionários diretos e gerará 56.000 empregos indiretos. Apesar de pronta, os primeiros carros para os consumidores ainda vão demorar um pouco. A montadora coreana anunciou que vai realizar uma série de testes de controle de qualidade e produção piloto na unidade durante os próximos seis meses. Em meados de 2016, iniciará a produção do sedã Cerato.
Kia conclui mega fábrica no México em tempo recorde de olho no Brasil
Os planos para a unidade são ambiciosos. Em pleno funcionamento, a fábrica terá capacidade de produção anual de 300.000 veículos, número que representa 10% da produção total da Kia. Deste total, 60% da produção será destinada para a América do Norte, 20% será vendida para o mercado mexicano e os 20% restantes serão exportados para os outros países da América Latina, o que inclui o Brasil. Como CARPLACE antecipou, a nova fábrica da Kia terá impacto direto nas operações da marca aqui no Brasil. Pelo acordo de importação existente com o México, a marca poderá ampliar a sua cota de importação, além de poder trazer um certo volume com isenção de Imposto de Importação. Hoje, todos os carros são importados da Coreia e chegam pagando impostos de importação e o Super IPI. Entre os carros previstos para a fábrica mexicana e que podem desembarcar por aqui estão o Cerato, o Rio e o crossover KX3. Veja mais detalhes aqui.  

Seja parte de algo grande