BMW: "Tração dianteira não afeta vendas ou nossa imagem"

Em entrevista concedida recentemente ao portal australiano CarAdvice, o diretor de comunicação da BMW na Oceania, Lenore Fletcher, revelou que a nova linha de modelos com tração dianteira em nada compromete a imagem ou a percepção que os clientes têm da marca. De acordo com o executivo, as eventuais distorções ou fuga de proposta que alguns consumidores poderiam ter não se confirmaram e lançamentos como o Série 2 Active Tourer têm se revelado verdadeiros sucessos comerciais.
BMW: "Tração dianteira não afeta vendas ou nossa imagem"
Ainda segundo Fletcher, o perfil do público tem mudado nos últimos anos e revelado que a marca não mais necessita ficar presa ao viés histórico de produzir modelos apenas de tração traseira. "É um conceito diferente para a BMW tanto do ponto de vista da tração quanto da produção, mas graças à oferta de amplo espaço e soluções inteligentes na cabine tivemos um feedback positivo, comprovando que o conceito tem sido bem aceito", explicou.
BMW: "Tração dianteira não afeta vendas ou nossa imagem"
O monovolume Active Tourer foi o primeiro modelo lançado com tração FWD e mais recentemente o SUV X1 abandonou a tradicional tração traseira. Posteriormente, um inédito sedã de entrada abaixo do Série 3 também adotará a mesma plataforma, que é compartilhada com os mais recentes lançamentos da MINI.

Seja parte de algo grande