Chefão da Honda fica sem carro à espera do novo Civic Type R

Recém-alçado ao posto de CEO da Honda, Takahiro Hachigo confirmou nesta semana que está temporariamente sem carro e por uma razão muito especial. Funcionário bem estabelecido na marca, o executivo morou por anos no exterior e desde que voltou ao Japão em março para assumir o comando da empresa está sem veículo próprio. Na sua garagem atualmente há apenas um kei-car N-One vermelho, que pertence à sua esposa, e uma moto VTR250.
Chefão da Honda fica sem carro à espera do novo Civic Type R
O motivo, segundo Hachigo, é que o único carro de sua preferência hoje é o Civic Type R, cuja oferta no mercado japonês ainda não foi iniciada. Produzido na fábrica de Swindon, no Reino Unido, o esportivo chegará à terra do sol nascente até o final do ano e, finalmente, o executivo deixará de dividir o carro com a mulher. Não custa lembrar, o hatchback apimentado é atualmente um dos carros de tração dianteira mais rápidos à venda.
Chefão da Honda fica sem carro à espera do novo Civic Type R
Descrito como um “carro de corrida para as ruas”, o esportivo possui sob o capô o novo motor VTEC 2.0 litros turbo de 310 cv e 40,49 kgfm de torque que gira até 7.000 rpm. O câmbio é manual de seis marchas e a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em apenas 5,7 segundos, com máxima de 270 km/h.

Seja parte de algo grande