FCA pretende vender Magneti Marelli por 3 bilhões de euros

Conforme reportagem recente da agência Reuters, o grupo FCA Fiat-Chrysler está à procura de um comprador para a divisão de autopeças Magneti Marelli. De acordo com a publicação, o chefão Sergio Marchionne está disposto a se desfazer da fabricante por 3 bilhões de euros (R$ 10,4 bilhões) e parece não estar propenso a aceitar nada inferior à esta quantia. Segundo especulações, um fundo de investimentos norte-americano chegou a oferecer 2,5 bilhões de euros pela marca, mas a proposta foi devidamente recusada.
FCA pretende vender Magneti Marelli por 3 bilhões de euros
Oficialmente a FCA nega que esteja interessa em realizar o negócio, mas nos bastidores a venda já é dada praticamente como certa. A meta, segundo rumores, é usar parte do dinheiro obtido com a operação para pagar dívidas e aplicar o restante nos projetos de expansão que estão em andamento (cujo custo total é da ordem de 48 bilhões de euros). A Magneti Marelli conta atualmente com mais de 38 mil funcionários e está presente em 19 países.

Seja parte de algo grande

FCA pretende vender Magneti Marelli por 3 bilhões de euros

Foto de: Dyogo Fagundes