Volkswagen concede férias coletivas e suspende produção de up! e Voyage

O Sindicato dos Metalúrgicos de Taubaté confirma nesta semana a concessão de férias coletivas e a dispensa temporária de 4.200 dos quase 5 mil funcionários da fábrica da Volkswagen na região. De acordo com a entidade, a decisão foi tomada com o objetivo de viabilizar a realização de mudanças no sistema de produção para remanejamento de 970 trabalhadoras vindos do turno da noite, que foi suspenso. A alteração, ainda segundo o sindicato, só será possível com a paralisação da fábrica.
Volkswagen concede férias coletivas e suspende produção de up! e Voyage
As férias coletivas devem durar pelo menos até 18 de abril e durante esse período a produção dos modelos up! e Voyage será suspensa. Em situações semelhantes de paralisação acontecidas anteriormente a Volkswagen confirmou que estava "promovendo ajustes para adequar a produção à nova demanda do mercado". Desta vez, porém, a marca preferiu não se pronunciar. Enquanto isso, a fábrica que foi projetada para montar 1.400 carros/dia depois da nacionalização do up!, hoje produz apenas 850.

Seja parte de algo grande