Base do Classe A e GLA, plataforma MFA pode originar até oito modelos

Responsável por sustentar a gama de veículos de entrada da Mercedes-Benz, a plataforma MFA concentra grandes chances de dar suporte a novos modelos nos próximos anos. Membro do conselho de administração do grupo Daimler, Thomas Weber afirmou recentemente que há espaço para expansão da família além dos atuais cinco membros (Classe A, CLA, CLA Shooting Brake, GLA e Classe B). A meta é, na próxima geração da arquitetura, produzir pelo menos sete ou oito derivados.
Base do Classe A e GLA, plataforma MFA pode originar até oito modelos
Detalhes sobre os futuros lançamentos ainda são limitados, mas especulações dão conta de que uma eventual versão cupê do GLA poderá estar entre eles. "Se houver mais espaço neste segmento, porque não fazê-lo?", disse Weber ao ser questionado. A decisão de ampliar a gama partiu especialmente do sucesso da linha atual. Só em 2014, por exemplo, os modelos da plataforma emplacaram mais de 500 mil unidades, sendo produzidos na Alemanha, Hungria, Finlândia e México.

Seja parte de algo grande

Base do Classe A e GLA, plataforma MFA pode originar até oito modelos

Foto de: Dyogo Fagundes