Dicas: como transportar os cachorros com segurança no carro

Dicas: como transportar os cachorros com segurança no carro
Para divulgar orientações sobre como transportar o seu animal de estimação com segurança dentro do carro, a Ford realizou uma ação que destaca as normas do Código de Trânsito Brasileiro sobre o assunto e também inclui dicas da especialista Joyce Hashimoto, psicóloga canina. Segundo dados recentes do IBGE, hoje há mais cachorros que crianças nos lares brasileiros. De cada 100 famílias, 44 têm pets, enquanto 36 têm filhos de até 14 anos. "Os cães são cada vez mais considerados parte da família e, além de atenção e carinho, precisam de cuidados de segurança", diz Joyce Hashimoto. O transporte de animais de estimação é regulamentado pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O Artigo 235 diz que a condução de animais, pessoas ou carga nas partes externas do veículo (na caçamba, por exemplo), é considerada infração grave com cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação, além de multa. Por sua vez, o Artigo 253 determina que dirigir veículos transportando pessoas, animais ou volume à sua esquerda ou entre os braços e pernas é considerado infração média, com quatro pontos na carteira. "É comum ver pessoas levando cães no colo ou mesmo soltos dentro do carro. A forma mais indicada é usar uma coleira peitoral e prendê-la no cinto de segurança, ou levá-los em uma caixa de transporte adequada, sempre no banco de trás. Isso evita que o pet se movimente e desvie a atenção do motorista, ou seja lançado para frente em caso de freadas bruscas ou colisão", destaca Joyce.
Dicas: como transportar os cachorros com segurança no carro
"Encontro EcoSport" Para abordar o assunto, a Ford criou o programa "Encontro EcoSport", que prevê uma série de palestras e debates para chamar a atenção para assuntos do dia a dia na sociedade. Além de abordar a segurança veicular do ponto de vista da tecnologia do veículo, mostra que a conscientização dos motoristas é fundamental nesse processo. Cuidados com os pets Alguns cuidados são importantes para viajar com um cão de estimação: caso ele fique ofegante, apresente baba em excesso ou mucosas mais escuras que o habitual, é sinal que se deve fazer uma parada com urgência. Lembre sempre de dar para ele água à temperatura ambiente, para evitar um choque térmico.
Dicas: como transportar os cachorros com segurança no carro
Segundo Joyce Hashimoto, cães mais agitados podem representar um incômodo maior nas viagens. A recomendação é ignorar comportamentos indesejados - como quando o animal demonstra medo por estar dentro do carro, por exemplo. Recompensá-lo com carinho ou comida nesses casos será interpretado por ele como um "comportamento bom" e o incentivará a continuar sentindo medo. Uma conduta de disciplina, brinquedos inteligentes e exercícios físicos são algumas formas de evitar isso.

Seja parte de algo grande

Dicas: como transportar os cachorros com segurança no carro

Foto de: Redação